20 maneiras de reduzir a perda de cabelo nos homens

Em algum momento, a maioria de nós vai experimentar a perda de cabelo. Nos Estados Unidos, cerca de metade dos homens (e mulheres também) começam a mostrar sinais de calvície no 40º aniversário, de acordo com a Cleveland Clinic.

Embora o folclore moderno, e até mesmo alguns estudos científicos limitados, tenham sugerido que o lado materno da família é em grande parte responsável por uma predisposição genética para a calvície, a verdade é que a calvície não é culpa de todas as nossas mães.

Na verdade, os médicos agora dizem que os padrões de calvície são herdados de uma combinação de muitos genes em ambos os lados da família. Mas também pode ser causada por fatores ambientais como envenenamento, radiação, certos medicamentos, infecções, distúrbios hormonais ou deficiências nutricionais. Além disso, estressores físicos como perda repentina de peso ou gravidez, ou outros choques físicos ou emocionais, podem levar à perda de cabelo temporária.

Esta forma de perda de cabelo também pode ser associada a outras condições médicas, como doença cardíaca coronária e problemas de próstata para os homens, bem como desequilíbrios hormonais em mulheres, de acordo com o National Institutes of Health.

Confira algumas dicas para se prevenir da perda de cabelo:  

– Evite chuveiros quentes: chuveiros excessivamente quentes podem causar danos ao couro cabeludo, removendo os óleos essenciais que ajudam a protegê-lo, causando secura e inflamação. Não há evidências diretas de que chuveiros quentes levem à perda de cabelo, mas alguns acreditam que a inflamação do couro cabeludo pode resultar em miniaturização dos folículos pilosos e queda de cabelo.

– Mude para shampoos anti-DHT: DHT é o principal culpado na perda de cabelo, e alguns shampoos podem ajudar a combater isso. Pesquise produtos contendo 1-2% de cetoconazol, uma droga que bloqueia a conversão da testosterona em DHT, assim como a finasterida. No entanto, como a aplicação do cetoconazol é restrita ao couro cabeludo, ele não apresenta o mesmo risco de efeitos colaterais sexuais negativos.

– Tente massagem no couro cabeludo: alguns estudos sugeriram que a massagem no couro cabeludo tem o potencial de aumentar a densidade capilar ao melhorar a circulação sanguínea no couro cabeludo e nos folículos capilares, bem como aumentar a atividade de genes conhecidos por promover o crescimento capilar. Um benefício adicional é que a massagem ajuda a diminuir os níveis de estresse, outro fator relacionado à perda de cabelo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *