10:36 | Segunda-feira, 24 de Novembro de 2014

 

Siga @jornalodiariorj e não perca as novidades!

 

Três homicídios em menos de 24 horas em Campos

Publicado em 28/02/2014


Foto: Saulo Garcez / Campos 24 Horas
Clique na foto para ampliá-la
Armas usadas por bandidos mortos durante troca de tiros com a PM

A madrugada desta sexta-feira (28) foi de violência em Campos e o início do dia também já começou com morte. Durante a madrugada, dois homens morreram em uma troca de tiros com a Polícia Militar (PM), em Guarus. Já no início desta sexta (28), por volta das 7h30, um homem foi baleado e morto entre as comunidades Portelinha e Tira-Gosto, em Campos. Ontem à noite, um homem também já havia sido vítima de tentativa de homicídio, em Guarus.

Os dois homicídios aconteceram por volta das 2h, na Avenida Carmem Carneiro, próximo ao Instituto Federal Fluminense(IFF), em Guarus. A PM fazia ronda de rotina quando foi recebida a tiros por dois homens. Ocorreu, então, uma intensa uma troca de tiros e os dois bandidos acabaram mortos. Eles chegaram a ser socorridos para o Hospital Ferreira Machado (HFM), mas não resistiram aos ferimentos e morreram. Um revólver 38 e outro de calibre 22, usados pelos bandidos, foram apreendidos pela PM.

A identificação dos suspeitos ainda não foi feita.

Homicídio no início da manhã

Após a madrugada violenta, mais um homicídio foi registrado em Campos. De acordo com a polícia, um homem identificado apenas como "Vasco" foi assassinado na manhã desta sexta-feira (28) em uma rua que liga as favelas Portelinha e Tira-gosto. A PM acredita se tratar do suposto gerente do tráfico de drogas da comunidade da Baleeira.

Tentativa de homicídio em Guarus

Um homem que cumpre pena e regime semi aberto foi baleado na noite desta quinta-feira (27) quando voltava para a Cadeia Pública onde é obrigado a passar a noite. Segundo informações da polícia, o homem contou que voltava para cadeia em seu veículo quando foi alvejado por tiros - dos quais pelo menos dois o acertaram.

Mesmo baleado, ele conseguiu chegar até a cadeia, onde pediu ajuda. O homem foi levado para o Hospital Ferreira Machado (HFM) e não corre risco de morte.

A autoria e a motivação do crime não foram reveladas.

O caso foi registrado na 146ª Delegacia Legal (DL/Guarus).

 

facebook  

 

PUBLICIDADE